Você é uma obra de arte

0
8

INTRODUÇÃ0:
Você foi formado nos mínimos detalhes. A Bíblia diz em Efésios 2:10 – “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.” Deus preparou antecipadamente o que você iria fazer com sua vida e é nisto que você encontrará realização fazendo quando você está no centro da vontade dEle para a sua vida.

1 Co. 12.4-6 (BLH) – “Há diferentes dons espirituais, mas é o mesmo Espírito que dá todos esses dons. Há maneiras diferentes de servir, mas é o mesmo Senhor que servimos. Há diferentes habilidades para o trabalho, mas é o mesmo Deus que dá a cada um a habilidade para fazer o seu trabalho. ” Circule as palavras dons, maneiras e habilidades. Três fatores únicos que fazem você ser você.
Quando você força alguém dentro de um molde onde ele ou ela não tem a habilidade, você causa culpa, frustração, mediocridade e fracasso. você foi feito para ser você e ninguém mais.

I. FATOS ACERCA DE SUA HABILIDADE

1. Toda habilidade é dada por Deus

1 Co. 12.6 BLH – “…É o mesmo Deus que dá a cada um a habilidade para fazer o seu trabalho.” Eu não acho que nós como cristãos enfatizamos habilidades naturais o suficiente. Eu penso que super enfatizamos os dons espirituais em detrimento das habilidades naturais. Algumas pessoas dão a entender que os dons espirituais são mais importantes do que as habilidades naturais. Isso não é verdade. Se você é um cristão, não existe muita diferença entre aquilo que é a sua habilidade natural e aquilo que é o seu dom espiritual porque ambos vêm de Deus e ambos devem ser usados para Deus.

As Escrituras dizem que Deus dá habilidades. Aqui estão apenas umas poucas: habilidades atléticas, habilidades artísticas, habilidades arquitetônicas, administração, cozinhar, cortar cabelos, construir barcos, fazer doces, debater, desenhar, embalsamar, entalhar, arar a terra, pescar, jardinagem, liderar, administrar, trabalhar como pedreiro, moldar, habilidades com música, fazer armas, habilidades com costura, pintura, habilidades poéticas, habilidade com filosofia, mecânica, invenção, carpintaria, navegação, venda, infantaria, alfaiataria, ensino, habilidades de fazer tendas, escrever literatura…Estas são apenas umas poucas das muitas habilidades que Deus diz: “Eu as dou ao mundo. Eu as dou às pessoas.”

2. Toda habilidade pode ser usada para a glória de Deus.

Se Deus a dá, ela pode ser usada para a Sua glória. 1 Co. 10.31 BLH – “De qualquer maneira, se vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.”

Deuteronômio 8.18 BLH – “Lembrem-se do Deus Eterno, o nosso Deus, pois é ele quem lhes dá força para poderem conseguir riquezas…” Você pode ganhar dinheiro para a glória de Deus. Deus dá a habilidade de produzir riquezas para algumas pessoas. Muitos de vocês têm essa habilidade e você apenas não a reconhece. Deus diz que Ele dá a você a habilidade de produzir riquezas.

Penso que você pode dar glória a Deus quando você dá de volta para Ele os primeiros dez por cento de sua renda ,dos seus lucros. É isto que é o dízimo. Deus diz a você para fazer isto porque você reconhece que Ele é o que dá a você a habilidade de ganhar a riqueza em primeiro lugar. Não é que Deus recebe de volta 10%. Ele é que deixa você ficar com 90%. Tudo pertence a Ele e Ele deu a você aquela habilidade. Assim você dá a glória a Deus através do seu trabalho.

3. Minhas habilidades mostram o plano de Deus para a minha vida.

“O que é que Deus quer que eu faça de minha vida?”

Hb. 13.21 BLH – “Que o Deus de paz lhes dê tudo de bom que vocês precisam para fazerem a sua vontade.” Deus tem uma vontade específica para a sua vida e o que é a vontade dEle, inclui o que Ele deu a você para fazer. Uma boa indicação da vontade dEle para a sua vida é simplesmente olhar e ver quais são as habilidades que Ele tem dado a você. Por que Ele as daria a mim e assim desperdiçá-las? Olhando para a maneira como fui feito, minhas habilidades, pode apontar-me para a direção certa.

4. Se eu não as uso, eu as perco.

Elas são como um tipo de dedução do imposto de renda. Se você não as usa, você as perde. Mt. 25.28 NVI – Nova Versão Internacional – “Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez talentos.” A idéia é que Deus diz que aquele que muito recebe, muito será requerido. Uma vez que todas as habilidades vêm de Deus, então Ele diz que se eu não uso as habilidades que Ele me dá, ou se eu as uso mal, ou não as uso de maneira adequada, Ele tem o direito de tomá-las de volta.

II. COMO CONHECER O SEU POTENCIAL

Quatro passos provenientes da palavra de Deus que mostram como conhecer este potencial:

1. Avalie o seu potencial.

Avalie a si mesmo. Faça um levantamento de suas habilidades. “O que é que nesse mundo eu sei fazer bem?” Faça uma avaliação e veja em que você é bom e em que você não é bom. Talvez fosse interessante fazer uma lista. Rm. 12.3 BLH – “Por causa do dom que Deus, na sua bondade, me deu, eu digo todos vocês: não se julguem melhores do que realmente são. Ao contrário, sejam modestos nos seus pensamentos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu.” Saiba em que você é bom.

2. Dedique o seu potencial.

Devolva-o para Deus. Rm. 12.1 BLH – “Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como sacrifício vivo, dedicado ao se serviço e agradável a ele.” Ofereça e dedique. Consagre-os de volta a Deus para o Seu serviço. Diga: “Senhor, eu reconheço que Tu me deste estas habilidades. Ofereça-as de volta ao Senhor.

2 Tm.2.21 BLH – “Se alguém se purificar de todos esses erros de que tenho falado, será usado para fins especiais porque é dedicado e útil ao seu Mestre e pronto para ser usado para todo bom trabalho.”

3. Cultive seu potencial.

Pv. 19.8 BLH – “O que adquire a sabedoria é amigo de si mesmo; o que guarda o entendimento prosperará.” Habilidade requer cultivo. Já que você as recebeu, agora faça alguma coisa com elas. Aprenda tudo o que puder. Pratique. Desenvolva. Receba treinamento. Melhore.
“Se você deixa o machado perder o corte e não o afia, terá de trabalhar muito mais. É mais inteligente planejar antes de agir.” (Ec. 10.10 BLH)

4. Libere seu potencial.

Use-o! Libere-o. Não o esconda. Não o guarde dentro de uma caixa. Use as habilidades que Deus tem dado a você. 1 Pe. 4.10 BLH – “Sejam bons administradores dos diferentes dons que receberam de Deus. Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros.”
Maturidade é quando você é capaz de dizer: “Pela graça de Deus eu sou o que sou.” Esta é uma maturidade emocional e espiritual. “Pela graça de Deus não sou o que não sou! Mas eu sou o que sou!” A verdade é: Ninguém é bom em tudo. Ninguém é magnífico em tudo.

A minha maior frustração como um pastor é saber que semana após semana, vocês estão sentados lá com talentos e habilidades e experiências que a sua família-igreja precisa desesperadamente – uma necessidade desesperada de ser o que Deus quer que sejamos! Mas, uma vez que você não tem se apresentado para oferecê-las, os pastores não sabem quais são as suas habilidades. Isto me frustra profundamente.

CONCLUSÃO:

1) No meio de tanta gente, por que é que Deus me colocou nesta igreja?

2) Como é que oferecer o que eu tenho pode fazer uma diferença? O que você tem para oferecer em termos de suas habilidades? Se você está aqui é porque Deus tem um propósito para você estar aqui.

Nós precisamos saber o que você é, quem você é, o que você faz. Isso começa com a entrega de sua vida a Cristo. Ofereça a si mesmo como um sacrifício vivo. O único problema com sacrifícios vivos é que eles podem escapulir do altar. No Domingo cantamos “Avante, soldados de Cristo!” e na Segunda-feira nós debandamos! Ofereça-se de novo a Deus.

José Fernandes Correia Noleto

Comente

comentários